Pré-Natal: saiba o que é e quando começar

pré-natal

Sem dúvidas ao descobrir que está grávida a primeira coisa a se fazer é se planejar para realizar seu pré-natal.

O pré-natal é disponibilizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde) para que as mamães estejam sempre em contato com algum profissional da saúde a fim de garantir sua saúde e do bebê em dia. 

Esse tipo de acompanhamento serve para que as mamães possam tirar todas suas dúvidas e acompanhar durante todos os meses se o seu bebê está bem.

A princípio é durante as consultas do pré-natal que a mamãe fica sabendo a data possível do parto, se o bebê nascerá com alguma deficiência e qual o melhor tipo de parto a se fazer, o parto normal ou cesárea.

Quer saber mais sobre o pré-natal e por que realizá-lo durante sua gestão? Confira o artigo que separei especialmente para você.

 

Quando começar a realizar o pré-natal?

O ideal é que assim que você descobrir que está grávida já comece a realizar seu pré-natal.

As consultas irão ocorrer 1 vez ao mês até você completar 28 semanas de gestação. Então fique de olho para não perder nenhuma consulta, combinado?

Lembre-se que o pré-natal pode ser realizado no posto de saúde, hospitais particulares ou públicos e é direito de toda mulher!

Portanto, durante as consultas, além de perguntar sobre a saúde do bebê, você também pode tirar dúvidas sobre o parto, falar sobre seus medos sobre esse momento e tudo que você precisa para se sentir segura.

 

Saiba como é feita a consulta do pré-natal

Para verificar se está tudo bem com você e com o bebê, o médico ou enfermeiro pedirão para verificar as seguintes coisas, sendo elas:

– Seu peso;

– Como está sua pressão sanguínea;

– Se há sinais de inchaço, o mais comum é que isso ocorra nos pés;

– O tamanho da altura uterina;

– Os batimentos cardíacos do bebê;

– Avaliam a mama e ensina você mamãe a como amamentar seu bebê. Por isso, não tenha vergonha, esses profissionais estão ali para te ajudar, tire todas suas dúvidas;

– Verifique se todas as vacinas da mamãe estão em dia.

Além disso, durante as consultas compartilhe com seu médico se você vem sentindo enjoos, azias, cólicas, dor abdominal, contrações, dificuldades de respirar e tudo que você vem sentindo. Ele conseguirá te ajudar e também entender se o bebê está sofrendo algum risco.

Outro ponto importante da consulta pré-natal é que o médico consegue identificar se sua gravidez é de baixo ou alto risco. Isso porque ele puxa seu histórico médico para saber se você possui por exemplo:


– Doença cardíaca ou autoimune;
– Insuficiência renal;
– Alterações neurológicas;
– Diabetes;
– Desnutrição;
– Suspeita de câncer;
– Doenças infecciosas.

Afinal, é por meio dessa avaliação, seu médico consegue diminuir os riscos da gestação e tornar ela mais segura possível para você e seu bebê.

 

Conheça os exames realizados no pré-natal

A princípio, durante o pré-natal você mamãe passará por alguns exames a fim de assegurar sua vida e do bebê durante toda gestação.

Para isso, o médico irá solicitar alguns exames como:

  • Ultrassonografia;
  • Hemograma completo;
  • Proteinuria;
  • Dosagem de hemoglobina e hematócrito;
  • Exame de fezes;
  • Bacterioscopia do conteúdo vaginal;
  • Glicemia de jejum;
  • Exame para saber o tipo sanguíneo, sistema ABO e o fator Rh;
  • HIV: vírus da imunodeficiência humana;
  • Sorologia para rubéola;
  • Sorologia para toxoplasmose;
  • VDRL para sífilis;
  • Sorologia para hepatite B e C;
  • Sorologia para citomegalovírus;
  • Urina, para saber se está com infecção urinária.

Como falamos acima, o pré-natal deve ser iniciado assim que você descobrir sua gravidez. Pois por meio dele você terá todo histórico da sua saúde e do bebê.

Como resultado, as chances de um bebê nascer forte e saudável quando é feito o pré-natal são grandes, uma vez que você estará contando com um acompanhamento médico.

 

Para finalizar

Viu como é importante realizar o pré-natal? Com ele você pode assegurar que seu bebê está saudável durante os 9 meses.

Além disso, o médico será seu grande aliado e poderá tirar todas suas dúvidas. Não tenha vergonha, abra o coração.

Muitas mamães tem medo de amamentar pois acham que machucam, e é durante o pré-natal que você aprenderá que esse momento mágico pode ser incrível e sem dor.

Mas claro, se doer, seu médico poderá te dar novas alternativas. E lembre-se, conte comigo para te ajudar nesse momento.

Acompanhe o blog meudiadmae e confira diversas dicas que são especialmente para você mamãe. Ah, e caso tenha alguma dúvida deixe nos comentários, será um prazer te ajudar.

 

Veja também: Dicas para amamentar o bebê confortável.

Compartilhe!